Guarda Civil define agentes que vão participar do curso para instalação de núcleo do BPTur em Petrópolis

Publicado por em 14 de agosto de 2018

guarda civil

A Guarda Civil definiu os dois primeiros agentes que vão participar do curso de formação do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur). Os guardas Marcelo Antônio Chaves Neves e Adriana Vital farão o estágio no Rio de Janeiro. O objetivo é que os agentes recebam a mesma capacitação que terão homens do 26º Batalhão da Polícia Militar, que depois do curso vão formar o Núcleo Descentralizado de Atendimento ao Turismo (Nudat) em Petrópolis. A PM também definiu que vão participar do treinamento os policiais que fazem o patrulhamento por bicicleta e a pé no Centro Histórico.

O curso está previsto para começar no dia 20 de agosto, com duração de cinco dias. Nas semanas seguintes, mais três duplas devem participar do estágio e trazer as experiências para o serviço de Ronda Turística mantida pela Guarda. Hoje, o serviço atua no patrulhamento de rotas feitas pelos visitantes da cidade, passando pelos principais atrativos do município.

“Considerando a importância histórica de Petrópolis, reforçada pelo acervo paisagístico, patrimonial, gastronômico e cultural, acredito que o curso ministrado pelo BPTur agregará conhecimento específico e qualidade à nossa atuação, principalmente voltada ao público de excelência que visita a nossa cidade. Nosso objetivo maior é contribuir para que nossos turistas tenham uma experiência agradável, se sintam seguros e queiram retornar”, diz a agente Adriana Vital.

Ambos os agentes possuem quase 22 anos de corporação e fazem parte atualmente do setor de ensino. Após o estágio, eles poderão se tornar multiplicadores desse conhecimento.

“Espero que seja proveitoso e que possamos aplicá-lo em nossa cidade, haja vista que o turismo hoje é uma das maiores fontes de arrecadação do nosso município. Um turista bem recebido é garantia de retorno e uma das melhores publicidades que se pode ter”, afirma Marcelo Antônio Chaves Neves.

A instalação de um Núcleo do BPTur no município integra o “Plano Estadual Integrado de Segurança Pública para procedimentos em Áreas Turísticas”, anunciado em junho secretário estadual de Segurança, general Richard Nunes, no Rio. O projeto é apoiado pela Turispetro, que vai ajudar a criar um curso específico na cidade para a formação de agentes para o atendimento ao turista – esse será o segundo passo do projeto, depois que os primeiros formados no estágio no Rio comecem a atuar em Petrópolis.

“Petrópolis é a cidade mais segura do estado, o que é mais um motivo para que o turista venha para cá. O que está sendo feito agora com a participação no curso é continuar a trabalhar para que o visitante seja cada vez mais bem recebido. Já temos a Ronda Turística e utilizamos as câmeras do Centro Integrado de Operações de Petrópolis também em benefício de quem vem para a cidade”, destaca o chefe do setor de ensino da Guarda, Leandro da Silva, que vem cuidando da participação da Guarda no curso da BPTur.

 

 

 



Comentários Fechados