Defesa Civil e MPE realizam capacitação para o planejamento de ações

Publicado por em 4 de outubro de 2017

+capacitação

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias e o Ministério Público Estadual (MPE) realizam na sexta-feira (06.10) um treinamento voltado para os grandes eventos turísticos e culturais que acontecem na cidade e que contam com uma grande concentração de público, como a Bauernfest. Além disso, a capacitação vai abordar as ações de resposta para o Plano Verão 2018 de Petrópolis. O trabalho será realizado de 10h às 18h e vai contar com a participação de órgãos ambientais, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e outros setores da prefeitura.

O secretário de Defesa Civil, coronel Paulo Renato Vaz, destacou o trabalho em conjunto com o MPE. Ele lembrou que o órgão é muito atuante no município.

“A Defesa Civil somos todos nós. Entendemos que é fundamental essa parceria com um órgão muito atuante dentro do município que é o Ministério Público Estadual. Precisamos estar prontos para atuar nos grandes eventos da cidade, assim como o verão é uma estação que exige um atendimento mais optimizado e organizado”, afirma.

O Plano Verão 2018 vai contar com cinco planos de contingência organizando a resposta para deslizamentos de terra, inundações, rolamentos de blocos rochosos, vendaval e tempestades de raio. O objetivo do trabalho é otimizar o atendimento em caso de ocorrências durante a estação.

“Desde o início da gestão, estamos realizando diversos trabalhos de prevenção, como o Plano Inverno 2017 de Petrópolis e a campanha Xô Mosquito. Ganhamos também o prêmio Sasakawa – a maior distinção do mundo para ações de Defesa Civil concedida pela ONU – pelos resultados obtidos no projeto Gides/Jica com os japoneses. O nosso objetivo é transformar Petrópolis em uma cidade resiliente, com uma resposta cada vez mais eficaz aos problemas. Acredito que estamos no caminho certo”, disse Paulo Renato.

Apesar do plano ainda estar sendo elaborado, o órgão municipal deu início em setembro ao projeto “Defesa Civil na sua casa”.  O objetivo do trabalho é aproximar o órgão municipal da população levando conhecimentos básicos de autoproteção comunitária contra os desastres de origem natural. “Nosso objetivo é ouvir os moradores e em conjunto construirmos ações que reduzam o risco de desastres. Por isso, foi fundamental que a gente iniciasse o projeto antes do lançamento do Plano Verão 2018”, explica o secretário.

 



Comentários Fechados